Local

Festival destaca riqueza da cultura de imigrantes

20/11/2021
Festival destaca riqueza da cultura de imigrantes | Jornal da Orla

A condição de Santos como porta de entrada do Brasil será, mais uma vez, ratificada com a realização do Festival do Imigrante, evento iniciado na sexta-feira (19) e que se estende até domingo (21), com diversas atividades no Centro Histórico de Santos: apresentações de música e dança, gastronomia, artesanato e passeios. 

A festa será realizada em espaços como bonde turístico, Praça Mauá, Bulevar da Rua XV de Novembro, Rua do Comércio, Estação do Valongo, Museu Pelé, Museu do Café e Rua Tuyuti, com atrações homenageando a cultura da Bélgica, Espanha, Estados Unidos, França, Itália, Japão, países árabes e africanos, Portugal e Paraguai.

Na Estação do Valongo, no sábado e no domingo, das 11h às 18h, serão servidos pratos típicos de diversos países. Em frente, há a feira de artesanato Feito em Santos, exposição de carros antigos e visita monitorada à oficina dos bondes (11h às 16h no sábado e no domingo).

Já feira de artesanato criativo também será realizada no sábado e no domingo (11h às 18h), na Praça Mauá, local que será o ponto de partida para o walking tour pelo Centro Histórico com o tema “Imigração” em três horários no sábado e três no domingo (13h, 14h30 e 16h).

 

DANÇA E MÚSICA
A Rua Tuyuti se transformará em um espaço multicultural com apresentações de música e dança de diversas nações. Destaque para a vinda do cantor Aymeric Frerejean, que cantará, a partir das 12h de domingo, versões francesas de sucessos da MPB e músicas autorais, além de apresentações de Portugal, Espanha, Grécia, Itália e Cabo Verde.

A música internacional também vai permear todo o Centro com a banda Jazz Walkers, que fará apresentações itinerantes pela Praça Mauá, Rua do Comércio, Valongo etc.

OFICINAS
Os museus Pelé e do Café serão os espaços para quem quiser aprender mais, com oficinas gastronômicas de comidas típicas, dança, origami e mangá e até uma palestra que ensinará os participantes pesquisarem sobre seus antepassados. 

O Museu Pelé também receberá uma mostra de produções audiovisuais internacionais e exposições de arte.

INFANTIL
Para as crianças, haverá muita diversão com apresentações lúdicas e brinquedos infláveis na Rua Comendador Neto, das 11h às 18h no sábado e no domingo. A realização do festival é da Seectur, com apoio das demais pastas da Prefeitura. Apoio cultural: Museu do Café e Comfort Hotel Santos.

SÁBADO
No sábado (20), às 16h30, será realizada no Museu do Café (Rua XV de Novembro, 95, Centro) a palestra ‘Pesquisando documentos de família’. Trata-se de uma oportunidade para os participantes aprenderem a buscar os registros de seus antepassados imigrantes. As vagas são limitadas e as inscrições realizadas pelo e-mail inscricao@museudocafe.org.br. 

Para quem é fã ou tem curiosidade de conhecer mais sobre a cultura oriental, o Museu Pelé (Largo Marquês de Monte Alegre, Valongo) oferecerá, no mesmo dia, oficinas sobre origami de animais, das 13h às 14h (inscrições aqui); mangá, das 14h às 15h; origami de flores, das 15h às 16h, e origami de natal, das 16h às 17h. Cada uma tem 20 vagas.

Na mesma data, às 15h, mas já com vagas esgotadas, o Museu do Café receberá a Oficina Gastronômica ‘Itália, turdilli calabrese’, que vai ensinar a preparar um doce típico de Natal muito difundido no sul daquele país. A aula ficará a cargo do chef Paulo Moratori e do culinarista Giany Gonze Tellini. 

DOMINGO
No domingo, a partir das 16h, o workshop ‘As Mariposas’ apresentará, no Museu do Café, um bate-papo sobre diversas questões que marcam o cotidiano das mulheres negras, promovendo o reconhecimento da importância cultural das tradições africanas. Haverá a confecção de uma boneca ancestral. Inscrições pelo e-mail inscricao@museudocafe.org.br.

No mesmo dia, o Museu Pelé também receberá as oficinas de origamis de animais, das 11h às 12h, e de flores, das 12h às 13h.

Já para quem gosta de dança, a casa do Rei do Futebol terá uma oficina sobre danças circulares gregas, às 14h, e uma aula de dança espanhola, às 16h.

PRIMEIRA EDIÇÃO
A primeira edição do evento foi realizada em outubro de 2019 e atraiu 15 mil pessoas ao Centro Histórico. No ano passado, o evento não foi realizado em virtude da pandemia da covid-19. Confira a programação completa no site Turismo Santos.