Local Meio Ambiente

Santos incluirá programa de combate ao lixo no mar nas escolas

19/05/2022
Divulgação/Prefeitura de Santos

O programa santista de identificação das fontes de resíduos marinhos, pioneiro e referência no Brasil na prevenção e combate ao lixo no mar, chegará às escolas públicas e particulares da Cidade em junho, em parceria com a Unifesp. O projeto “Consciência Cidadã” foi lançado na quarta-feira (18/5), no primeiro dia do ciclo de palestras e ações sobre o tema, com a participação de doze representantes de munícipios brasileiros, que realizam intercâmbio até sexta-feira (20/5).

Idealizado em Santos desde 2017, o Programa de Identificação das Fontes de Resíduos Marinhos criou uma metodologia de análise, em parceria com em parceria com a Abrelpe, a International Solid Waste Association (ISWA) e a Agência Ambiental da Suécia, que se tornou modelo, aplicado em diversas cidades brasileiras, além de três países (Colômbia, Costa Rica e República Dominicana).

A coleta de informações, por imagens e amostragem, formou um banco de dados com detalhes sobre o tipo de material que está vazando, sua origem e o destino ao ser lançado irregularmente. Após cinco anos de operação e baseado em arqueologia, o método santista já identificou mais de 90 tipos de itens descartados incorretamente.

Uma das fontes, os canais de drenagem, receberão ainda neste semestre barreiras flutuantes. São boias retangulares de plástico, presas por cabo de aço e ligadas às laterais dos canais, que ajudam na retenção dos materiais.