Regional

Guarujá realiza programação em reflexão ao Dia da Abolição da Escravidão no Brasil

12/05/2022
Divulgação/Prefeitura de Guarujá

Com o objetivo de fortalecer as reflexões sobre o dia 13 de maio – Dia Nacional de Denúncia contra o Racismo, o Conselho Municipal de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra de Guarujá realiza o evento: “13 de Maio e agora?”. A iniciativa tem apoio da Prefeitura de Guarujá e contará com encontros informativos nesta quinta-feira (12/5), às 14h e 20h, no Teatro Municipal Procópio Ferreira (Avenida Dom Pedro I, 350 – Jardim Tejereba). E, na sexta-feira (13/5), às 14h, uma live sobre o tema no perfil oficial da Prefeitura de Guarujá no Facebook.

Os encontros informativos e culturais são voltados aos alunos das redes municipais e estaduais de ensino e sociedade civil em geral. A ação conta com a parceria da Secretaria Municipal de Comunicação e Relações Sociais (Seres), por meio das políticas públicas de Igualdade Racial.

No Teatro Municipal, o público vai poder conferir apresentações de roda de capoeira, lideradas pelo mestre Cícero, além de danças tradicionais; com falas de representantes do Conselho Municipal da Comunidade Negra; representantes das religiões afroístas, Yalorixás Mãe Terezinha e Mama Neide; além da palestra com o educador Adriano Gonzaga, especialista em Afrobetização (experiência onde o negro é associado a algo positivo naturalmente). O educador também vai participar, na sexta-feira (13), da live no perfil oficial da Prefeitura de Guarujá no Facebook.

Durante o evento, o público terá exposições sobre racismo estrutural, processo de colonização; escravidão no Brasil; institucionalização do racismo; verticalização das relações de trabalho, precarização dos direitos do proletariado; entre outros assuntos.

A ação contará com a presença dos líderes nacionais quilombolas, Antônio dos Santos e Gabriela Lourenço dos Santos.