Porto

Um Porto com muita história: de 1888 a 1957

01/02/2020
Um Porto com muita história: de 1888 a 1957 | Jornal da Orla

Confira o que aconteceu no Porto de Santos de 1888 a 1957:

 

1888
Incentivados por Francisco de Paula, os cariocas Cândido Gaffrée e Eduardo Guinle ganham a concorrência para exploração do Porto por noventa anos. 

 

1890
Assinado, em 7 de novembro, o Termo de Concessão para a Companhia Docas de Santos (CDS).

 

1892
Concluídas as obras dos 260 metros de cais, onde atracou, em 2 de fevereiro, o navio inglês Nasmith.

 

1897
Ocorre a primeira greve do porto de Santos, cujo estopim foi a morte de um trabalhador. 

 

1908
Entre 9 de setembro e 6 de outubro de 1908 ocorreu a primeira grande greve do Porto de Santos: submetidos a jornadas de até 15 horas, os carregadores de sacas de café exigiram cumprir oito horas. No ápice do movimento, o porto chegou a ficar completamente paralisado. As manifestações levaram 7 mil trabalhadores às ruas, mas a repressão também foi forte, resultando em 8 mortes, mais de uma centena de feridos e 800 presos. A jornada máxima de oito horas só foi implantada no Brasil pela Constituição de 1937.

 

Iluminado pelos primeiros raios solares da manhã de 18 de junho de 1908, o navio Kasato Maru atracou no cais do Armazém 14, trazendo 781 japoneses, após 51 dias de navegação. Foi o início da imigração japonesa no Brasil.

 

1909 
O porto possuía 4.720 metros de cais, 26 armazéns internos e 15 externos, 1 armazém frigorífico, 23 pátios cobertos, 2 tanques de óleo combustível e 38,3 quilômetros de linha férrea. Neste ano, foram movimentadas 787.856 toneladas de café — 95,8% do total de cargas.

 

1910


 

Inaugurada, em 10 de outubro, a usina hidrelétrica de Itatinga. Sua capacidade (60.000 cavalos de potência) era suficiente para atender às necessidades do Porto e das cidades de Santos e Guarujá na época.

 

1929

Reprodução de Cartão Postal Francês

 

Construção de um cais para a movimentação de inflamáveis e combustíveis na Ilha Barnabé.

 

1945
O Porto de Santos possuía 5.214 metros de cais, 128 guindastes, seis embarcadores com capacidade para 2.000 sacas/hora, silos para granéis, esteiras transportadoras, seis empilhadeiras fixas, tanques de combustíveis líquidos e além de rebocadores, dragas, ferry-boats, lanchas, tratores, vagões e locomotivas.

 

1947
No dia 22 de abril de 1947, é inaugurada a Via Anchieta, juntamente com o então governador de São Paulo, Adhemar Pereira de Barros, que completava 46 anos de idade na mesma data. 

 

1954
Porto movimentou cerca de 8 milhões de toneladas, o dobro de 1944.

 

1955
Com a inauguração da Presidente Bernardes, em Cubatão, aumenta a movimentação de granéis líquidos, o que faz a tonelagem movimentada em Santos dobrar.

 

1957

Porto em 1957

 

Com a instalação do setor automobilístico na região do ABC, aumentam as importações de equipamentos e insumos.

 

Fotos: Acervo Codesp