Música

Os instrumentos musicais mais fáceis de aprender a tocar

27/05/2022
Os instrumentos musicais mais fáceis de aprender a tocar | Jornal da Orla

Existem alguns instrumentos que, pelo seu formato e funcionamento, facilitam na hora de aprender a tocá-los

Quais são os instrumentos mais fáceis de tocar?

Se você gosta de música, mas acha que tocar um instrumento é uma missão impossível, saiba que não é. Existem alguns instrumentos que, pelo seu formato e funcionamento, facilitam na hora de aprender a tocá-los, mesmo para quem tem alguma dificuldade. 

 

Para atingir um alto nível de performance em qualquer instrumento, é claro, que você vai precisar de muita dedicação e treinamento ao longo do tempo, mas saiba que mesmo para iniciantes, com uma boa orientação e persistência tocar um instrumento é uma missão possível, além de ser prazerosa. 

 

Por isso, se você quer aprender a tocar um instrumento, fique ligado neste artigo e veja a seguir uma lista dos instrumentos mais fáceis de tocar. São vários instrumentos variados para diferentes gêneros musicais e com certeza, algum vai te chamar atenção. 

 

 

Instrumentos fáceis de tocar

Existem diversos instrumentos que são utilizados para produzir música atualmente e alguns deles são mais fáceis em relação a outros. Confira a seguir a lista dos instrumentos mais fáceis de tocar e alguns detalhes relacionados a eles que vão facilitar na sua escolha antes de escolher um instrumento para iniciar sua carreira musical. 

 

 

Bateria

A bateria é o instrumento responsável por ditar o ritmo da música, sendo conhecida popularmente como o coração da banda. É formada por um conjunto de pratos, tambores e demais instrumentos de percussão. Muitas baterias que vemos possuem grandes quantidades de caixas e pratos, mas uma bateria é composta por três partes básicas: chimbau (prato), caixa e bumbo. 

 

 É um instrumento que exige domínio da coordenação motora, além do conhecimento das notas musicais, fazendo com que muitas pessoas optem pela bateria quando decidem investir na música, seja por hobbie ou de maneira profissional. 

 

 Para se sair bem na bateria, em paralelo com o aprendizado teórico, é necessário treinar também o movimento do corpo. Primeiro na mente, compreendendo e assimilando o movimento (braços e pernas) e depois realmente na prática, além disso, deve-se treinar o ritmo que em conjunto com as demais partes formam um som harmônico. Para quem gosta de um tipo de bateria mais prática, vale dar uma olhada em As 10 melhores baterias eletrônicas de 2022.

 

aprender a tocar violão

Violão

O violão é um dos instrumentos mais indicados para quem quer começar na carreira musical e com ele você pode tocar diversos tipos de músicas. Existem vários tipos de violões, mas como estamos focando em instrumentos fáceis, o violão clássico é o mais indicado. 

 

 Ele possui seis cordas e suas curvas são normais. As cordas são de aço, porém para quem está iniciando a maioria costuma ser customizada com cordas de nylon. É um tipo de instrumento com som doce que soa bem com praticamente todos os estilos musicais, especialmente para MPB dedilhados. 

 

 Para aprender o violão, você deve aprender cifras e tablaturas, iniciando das mais básicas como, parabéns pra você, e evoluindo para as mais difíceis. Ao longo do tempo e com dedicação a agilidade para tocar como profissional. Não deixe de conferir os 10 melhores violões de 2022 e veja como escolher o melhor instrumento para você.

 

 

Guitarra

A guitarra elétrica está presente na música desde 1930, sendo até hoje um dos instrumentos mais importante e estando presente em vários estilos musicais, especialmente no bom e velho rock n’ roll. Por ser um instrumento elétrico, é considerada mais fácil de tocar. 

 

 É um instrumento que possui 6 cordas de aço que funciona quando conectada em uma caixa de som (amplificador). A guitarra possui vários modelos, cores e formas disponíveis no mercado, mas a mais conhecida é a Gibson Stratocaster, perfeita para iniciantes, já que ela é mais leve em comparação às outras.

 

Assim como o violão, para aprender a guitarra você precisa conhecer as cifras e tablaturas, começando do básico. Além disso, com dedicação você estará apto para tocar qualquer estilo de guitarra e música, além de aprender a usar o amplificador.

 

 

Cavaquinho

O cavaquinho é um instrumento formado por um corpo oco e chato, em forma de oito, parecido com o violão, porém em tamanho bem menor, tem um braço que possui trastes que o torna um instrumento temperado, composto de quatro cordas, geralmente de aço. 

 

 É um instrumento de som vibrante e forte muito popular na música brasileira, comum em músicas no estilo samba e pagode. Há vários modelos de cavaquinhos disponíveis e o modelo indicado para quem está começando agora no ramo da música é o acústico, pois são simples de manusear e têm um custo benefício bom. 

 

 Assim como os demais instrumentos de cordas, para aprender a tocar o cavaquinho você deve aprender as notas musicais e se dedicar, pois o treinamento permite que você ganhe agilidade e evolução.  

 

 

Bongô

O bongô é um instrumento musical do tipo membranofone, composto por dois tambores pequenos unidos entre si. É um instrumento que pode ser utilizado em diversos estilos musicais, mas é muito encontrado no MPB. 

 

 O bongô é tocado com as mãos e por isso, deve-se treinar bastante a coordenação motora, além disso, para aprender o bongô é fundamental conhecer os ritmos e fundamentos. Os bongôs geralmente possuem um padrão e não exigem um modelo específico, porém você pode encontrá-los em diversas cores e tamanhos.  

 

Ukulele

O ukulele é um instrumento musical havaiano inspirado por instrumentos portugueses. Ukulele, é o nome que os havaianos deram ao instrumento que foi popularizado mundialmente. Existem 4 tipos de ukulele: soprano, concert, tenor e barítono. 

 

 O Ukulele Soprano é indicado para iniciantes, independentemente da idade. Esse formato é o menor de todos, sendo leve e confortável. O Ukulele concert é um modelo um pouco maior, mais usado para estudantes de nível intermediário ou avançado. 

 

 O Ukulele tenor, é mais encorpado com estrutura maior, produzindo também maior volume sonoro. O Ukulele barítono é o maior de todos, com som mais encorpado e maior projeção sonora de médios graves.

 

Se você está iniciando agora no mundo da música o Ukulele soprano é o perfeito para você, além disso, de preferência por cordas de nylon que são mais fáceis de tocar logo de início. Assim como os demais instrumentos de cordas, além da prática você precisa aprender as cifras. 

 

 

Cajón

O cajon é um instrumento com formato de caixa feita em madeira, com uma esteira ou cordas na parte interna sob o tampo. O instrumento pode ser encontrado na versão acústica ou elétrica. O cajon consegue emitir 3 sons de percussão: bumbo, bordas e caixa. 

 

 O formato do cajon pode influenciar um pouco na sonoridade dos graves do instrumento, já que cada formato possui uma dimensão de caixa diferente. No mercado, os formatos mais comuns são: reto, inclinado, cajon de colo e slim.

 

 O cajón mais clássico é o reto, porém os demais modelos oferecem maior conforto e comodidade na hora de tocar, além disso, para aprender a tocar cajón você precisa treinar a coordenação motora e aprender os ritmos, por isso, se você for iniciante opte pelo cajón acústico e treine bastante. 

 

 

Flauta doce

A flauta doce é um dos instrumentos mais importantes da história possuindo um extenso repertório, desde a música renascentista até a popular. A flauta doce possui a embocadura em formato de bico com palheta fixa que canaliza o ar em direção à aresta e faz com que ela seja mais fácil de tocar. 

 

 A flauta doce ainda apresenta dois modelos diferentes: o sistema de digitação barroco e o sistema de digitação germânico. O primeiro modelo é clássico e tradicional das flautas. Seu timbre é mais aveludado e sua afinação é mais precisa e equilibrada. Enquanto o sistema de digitação germânico é considerado mais fácil de tocar, essa flauta possui a escala básica mais alinhada, tendo algumas notas mais complexas, o que torna o som mais desafinado.

 

 Se seu objetivo é ter a flauta como instrumento principal ou treinar afinação, a flauta barroca é a melhor opção. Porém, se o objetivo é apenas a musicalização e estudo como iniciante, a germânica é a ideal para você. 

 

 

Saxofone

Aprender saxofone não é difícil e os resultados chegam rápido, isso porque seu peso e tamanho são mais confortáveis para a adaptação do iniciante e também pela facilidade de emissão das primeiras notas.

 

No início a produção do som requer um pouco de prática e alguns cuidados para não ter nenhuma tensão na cabeça, pescoço e ombros, além disso, treinar a respiração também é importante. 

 

Existem diversos modelos de sax, sendo o sax alto o mais clássico e indicado para iniciantes, pois o peso e o tamanho deste sax se adapta melhor aos iniciantes e permitem maior conforto, além de possuir uma boquilha com um tamanho confortável não exigindo muito esforço para se conseguir boa sonoridade e afinação.

 

Teclado

O teclado é um instrumento de teclas que pode ser utilizado para tocar vários estilos musicais, já que reproduz o som de diversos outros instrumentos musicais, além de batidas e acompanhamentos pré-programados que permitem tocar músicas em diferentes ritmos. 

 

O instrumento possui caixa de som embutida e entrada para fone de ouvido. Outra vantagem é que o teclado é um instrumento portátil que pode ser levado para qualquer lugar. Existem diversos tipos, modelos e marcas de teclados no mercado, no entanto, aqueles que são as melhores opções para iniciantes possuem algumas características como:

 

Sensibilidade ao toque: quando você pressiona as teclas apenas levemente, o som obedece a quantidade de força colocada; Mínimo de teclas: o ideal é que o teclado tenha, pelo menos, 61 teclas; e Entrada de pedal: a melhor opção deve possuir entrada para pedal de sustain, além disso, há algumas opções com teclas luminosas que ajudam ainda mais no aprendizado. 

 

Não deixe de conferir quais são os 10 Melhores Teclados Musicais de 2022 caso você esteja pensando em adquirir um instrumento versátil e perfeito para iniciantes!

 

 

Escolha um dos instrumentos mais fáceis de tocar e comece a praticar!

Como visto neste artigo, tocar um instrumento musical não é nenhum bicho de sete cabeças, pois há instrumentos para todos os gostos e estilos musicais que são mais fáceis de aprender a tocar, além disso, basta ter dedicação e muita persistência nos treinos. 

 

Neste artigo, você pode conferir os principais instrumentos fáceis de tocar e as características de cada um. Dessa forma, você já tem toda autonomia para escolher um dos instrumentos mais fáceis para tocar de acordo com seu estilo e dar início a sua carreira musical. Para mais dicas de melhores instrumentos e como escolher o modelo ideal para você, acesse Portal Vida Livre.