Cidades Local

Monumento em homenagem às Mães de Maio é inaugurado em Santos

10/12/2021
Francisco Arrais/Prefeitura de Santos

Movimento é uma rede criada por familiares de jovens mortos em 2006, após onda de ataques entre agentes estaduais e uma facção criminosa

Sentimentos de gratidão e saudade se fizeram presentes na inauguração do ‘Monumento em Homenagem à Família’, na Praça Domingos Aulicino (Santa Maria, Zona Noroeste), na tarde desta sexta-feira (10/12). O espaço é uma homenagem ao movimento ‘Mães de Maio’, rede criada por familiares dos jovens mortos em 2006, após onda de ataques entre agentes estaduais e uma facção criminosa. À época, entre os dias 12 e 21 de maio, diversos atentados causaram a morte de 564 pessoas, sendo 74 na Baixada Santista.

Localizada em frente ao número 380 da Avenida Jovino de Melo, a obra conta com uma rampa de acesso à escultura, que tem em seus contornos a imagem de 11 pessoas com os braços erguidos e seis buquês de rosas, simbolizando a paz. O artista Luís Garcia foi responsável pelo projeto do Monumento.

A cerimônia de inauguração contou com a presença do prefeito Rogério Santos, de representantes do movimento ‘Mães de Maio’, além de autoridades municipais.

Para o prefeito Rogério Santos, mais do que uma homenagem às vítimas e seus familiares, a obra é um símbolo da luta pelo diálogo. “Essa praça representa a família e também personifica as mães guerreiras, que não usam pistolas ou revólveres, mas sim distribuem rosas e o sentimento de paz. Vivemos numa sociedade violenta e intolerante. Precisamos nos unir em prol do diálogo”, ressaltou.

“A inauguração desse monumento traz um sentimento de gratidão, mostrando que nossos mortos têm voz. Digo até que não é um monumento, mas sim um memorial para que todas as vítimas sejam sempre lembradas, jamais caiam no esquecimento”, disse a fundadora do Movimento, Débora Santos, que perdeu seu filho Rogério, com 29 anos em 2006.