Local

Nova linha de ônibus em Santos facilita ligação de áreas central e industrial

20/10/2021
Nova linha de ônibus em Santos facilita ligação de áreas central e industrial | Jornal da Orla

Facilidade é o termo comum entre usuários da nova linha municipal de transporte coletivo, a 197, que entrou em operação segunda-feira (18), para ligar a região central da Cidade à Alemoa. Implantada pela Companhia de Engenharia de Tráfego (CET-Santos), seu percurso inclui vias internas do bairro da Zona Noreste. É um ganho para trabalhadores da área, que concentra empresas de atividades relacionadas ao Porto.

 

A linha funciona em fase experimental e com acompanhamento da demanda diária. No primeiro dia de circulação, foram registrados 47 embarques, sendo 33 nas paradas ao longo do percurso de 17,6km e outros 14 a partir de integração com outras linhas no Terminal do Valongo. O passageiro faz a conexão pagando tarifa única.

 

O itinerário da nova linha compreende trechos de vias municipais e também sob gerenciamento da Autoridade do Porto de Santos. É uma alternativa diferenciada em relação às linhas que já fazem ligação com a Alemoa com percurso pela Avenida dos Bandeirantes (linha municipal 108) ou pela Rodovia Anchieta (linhas intermunicipais).

 

O motorista Marcelo Alves fez sua primeira viagem no início da manhã de terça (19). Desceu no terminal e embarcou em outra linha com destino ao Saboó, onde mora. Ainda no começo da tarde, já estava novamente no ônibus da 197 para a sequência da jornada de trabalho. “Facilitou muito. Era preciso mesmo essa linha passando por dentro do bairro”.

 

Operadora de rastreamento em empresa na Alemoa e moradora do Marapé, Eliana Nunes ia utilizar a linha pela primeira vez e com expectativa positiva. “O fato de circular pelas ruas do bairro é muito importante. Assim, não temos que caminhar pelo trecho da linha do trem para chegar ao local de trabalho. O ônibus para na frente da empresa”.

 

ESTUDO
O estudo da CET visando a implementação da nova linha considerou solicitação apresentada pela Associação das Empresas do Distrito Industrial e Portuário da Alemoa (AMA), da Brasil Terminal Portuário (BTP) e Associação Brasileira dos Terminais Retroportuários e das Empresas Transportadoras de Contêineres (ABTTC). No bairro funcionam cerca de 40 empresas e o objetivo da iniciativa é atender à demanda de trabalhadores da área.

 

A integração da 197, a partir do Terminal do Valongo, se dá com 20 linhas: 29, 42, 80, 100, 101, 102, 108, 118, 139, 152, 153, 154, 155, 156, 158, 181, 184, 191, 193 e 194.