Bem-Estar

Inteligência artificial analisa o envelhecimento da pele

19/06/2021
Inteligência artificial analisa o envelhecimento da pele | Jornal da Orla

O uso da tecnologia de reconhecimento facial já está na nossa rotina há algum tempo. E cada vez mais, vem ganhando novas funcionalidades e integrando-se a outros serviços. Desta vez, ela se mostra uma importante aliada para ajudar no diagnóstico, prevenção e tratamento da saúde da nossa pele. 

O envelhecimento da pele, causado por diversos problemas, como a ação de radicais livres, é uma preocupação muito recorrente em consultórios dermatológicos. E cada vez mais, já que nossa rotina e hábitos de vida nos expõem diariamente à radiação UVA, UVB e a chamada luz azul.

Com isto, uma ferramenta virtual foi desenvolvida para que você possa, de maneira rápida, ter um feedback de como está sua pele em relação ao envelhecimento.

A plataforma utiliza da inteligência artificial para calcular a matriz da pele através de uma selfie e revela o resultado em relação aos sete sinais da idade, pontuando o envelhecimento de 0 a 5.  Esta pontuação corresponde à gradação do Atlas de Envelhecimento da Pele, onde: 0 (sinal não visível) e 5 (sinal altamente visível).

 

Validado por dermatologistas, o SkinConsultAI pode classificar a gravidade de mais de 20 sinais do envelhecimento cutâneo, além de oferecer para cada um desses sinais, uma lista de sugestões de cuidados, principalmente, as prioridades a serem tratadas.

 

A iniciativa tem como objetivo incentivar as pessoas a frequentarem cada vez mais os consultórios de dermatologistas, para que além de obter uma rotina de cuidados indicada, conheçam mais sobre a sua própria pele.

Se você, assim como eu, ficou interessado em saber como anda o nível de envelhecimento da sua pele, basta acessar www.vichy.com.br/skinconsult, tirar uma selfie, preencher as informações e aguardar o resultado.

Ao final do diagnóstico, você será direcionado ao site da Sociedade Brasileira de Dermatologia para o agendamento de uma consulta com um dos dermatologistas associados, que proporcionará um protocolo de acordo com às suas necessidades.

É sempre importante lembrar que a consulta médica, com avaliação, diagnóstico e a indicação do tratamento adequado é sempre imprescindível.

 

Toda esta tecnologia é incrível e auxilia, mas não substitui o profissional médico. Sempre que necessário, consulte seu dermatologista.