Sem categoria

Rogério Santos define espinha dorsal de seu governo

12/12/2020
Rogério Santos define espinha dorsal de seu governo | Jornal da Orla

O prefeito eleito de Santos, Rogério Santos (PSDB), anunciou esta semana os nomes de quatro secretários municipais que indicam qual será a espinha dorsal de seu governo: ele pretende concentrar esforços em medidas que buscam o desenvolvimento econômico em três frentes principais: a revitalização do centro histórico, o fortalecimento do turismo e maior interação da cidade com a atividade portuária.

 

Governo

Considerado um homem de extrema confiança do atual prefeito e do prefeito eleito, o administrador de empresas Flávio Jordão segue à frente da Secretaria de Governo, cargo ocupado por Rogério Santos antes de iniciar a campanha eleitoral.

Pesou na escolha a comprovada experiência de Jordão: pós-graduado em gestão pública pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP), ele ocupou diversos cargos nas duas gestões do atual prefeito, Paulo Alexandre Barbosa. Antes de ser secretário de Governo, comandou as secretarias de Comunicação e Resultados, Assistência Social, Desenvolvimento Social, Relações Institucionais e Cidadania, além de ter sido ouvidor municipal.

Entre suas atribuições neste novo governo estão a articulação do poder Executivo com a Câmara de Vereadores e a coordenação de projetos que envolvam diversas secretarias municipais.

 

Porto

O engenheiro Júlio Eduardo Santos comandará a Secretaria de Assuntos Portuários e Desenvolvimento da Região Central, com a missão de promover o desenvolvimento do Centro, seguindo o modelo da transformação urbana realizada na Ponta da Praia e na Entrada da Cidade, e estreitar as relações com o Porto de Santos. Neste contexto, foi simbólico o anúncio de Júlio Eduardo no gabinete do ministro da de Infraestrutura, Tarcísio Gomes — trabalharam juntos, quando Júlio Eduardo era secretário Nacional de Transporte e Mobilidade Urbana. 

 

Desenvolvimento 

Para a Secretaria de Desenvolvimento Urbano de Santos, o prefeito eleito escolheu o arquiteto Glaucus Farinello, funcionário de carreira da Prefeitura que coordenadou as obras de revitalização da Ponta da Praia. Entre suas atribuições estão as revisões do Plano Diretor, das Zonas Especiais de Interesse Social (ZEIs) e a Lei de Uso e Ocupação da Área Continental, além da regulamentação do Alegra Centro. 

 

Turismo

A própria modificação da nomenclatura da Secretaria de Turismo dá sinais de quais são os objetivos de Selley Storino. Ela será a titular da Secretaria de Turismo, Empreendedorismo e Economia Criativa. A ampliação das atribuições busca intensificar as ações que valorizem os aspectos culturais locais para o turismo e, consequentemente, para o mercado de trabalho. Outro foco é criar condições para a realização de eventos de negócios no novo Centro de Convenções, na Ponta da Praia.

 

 

Planejamento e Inovação

O desempenho à frente da Secretaria de Saúde no combate à pandemia credenciou Fábio Ferraz para comandar a Secretaria de Planejamento e Inovação, que além das atribuições originais da pasta também passará a ser responsável pelas atividades ligadas a tecnologia e formatação de Parcerias Público-Privadas.

 

 

Time quase completo

Rogério Santos também anunciou os titulares das secretarias de Educação, Cristina Barletta; Cultura, Rafael Leal; e Saúde, Adriano Catapreta. Também estão definidas as permanências de Rivaldo Santos como Ouvidor municipal e Maurício Franco à frente da Secretaria de Finanças.