Porto

Seminário debate transporte hidroviário na Baixada Santista

17/09/2018

A Associação de Engenheiros e Arquitetos de Santos e o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia promovem na terça-feira (dia 18), das 8h30 às 18h, o Seminário Hidrovias Já – O Canal da Produtividade e do Desenvolvimento. 

Com entrada gratuita, o evento terá a participação de autoridades e especialistas do setor, com o objetivo de estimular o debate sobre a utilização dos rios da Baixada Santista para o transporte de mercadorias, além de alavancar oportunidades de melhoria da mobilidade urbana na região, com a ativação de 21 novos pontos de potencial retroporto fluvial.

No final, o objetivo será de enviar uma carta ao Poder Executivo para que o assunto se torne de interesse público, com o reconhecimento do modal hidroviário aos setores social e de desenvolvimento. 

"A ideia é fomentar a atividade, criando atrativos e a possibilidade de parcerias público privadas, operando como o metrô de integração, desenvolvimento e mobilidade da região”, afirma o diretor de Portos da AEAS e gerente de Planejamento e Desenvolvimento de Áreas e Instalações da Codesp, engenheiro Eduardo Lustoza.

Estudo
Em estudo recente realizado pela Fundação para o Desenvolvimento Tecnológico da Engenharia identificou ao menos 180 quilômetros de vias navegáveis que podem ser utilizados para o deslocamento de cargas para o Porto de Santos. Apesar de possuir grandes bacias hidrográficas, o Brasil pouco utiliza os rios para transportes de cargas, se comparado a países vizinhos como Uruguai, Argentina e Paraguai. 

De acordo com a Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), o País possui atualmente 51 embarcações registradas, muito abaixo do Paraguai, com 1.910 embarcações; da Argentina, com 850; e do Uruguai, com 298. 

As inscrições para o Seminário Hidrovias Já podem ser feitas pelo site www.aeas.com.br. A Associação de Engenheiros e Arquitetos de Santos fica na Rua Artur Porchat de Assis, 47, Boqueirão, Santos. Para mais informações (13) 3288-1110 e (13) 3288-2517 ou e-mail aeas@aeas.com.br.