Saúde e Sociedade

E o fígado?

07/01/2022
Alex Ponciano

O fígado é o órgão com maior capacidade de regeneração de nosso organismo. Mas para isso ele precisa de repouso

Mas isso é pergunta que se faça na primeira semana do ano?

Acabamos de passar o Natal e o réveillon! Meu fígado está em pandarecos!

Por conta das comemorações e da justificativa da necessidade de extravasarmos os males passados durante o ano, e comemorarmos o novo ano, não são poucas as pessoas que “enfiam o pé na jaca” – uma expressão antiga para dizer que alguém passou dos limites, em geral na bebida e na comida. Expressão que literalmente entendida não tem nada muito a ver porque não temos o hábito, aqui no sudeste, de comer jaca, e, menos ainda, de chutá-la. De qualquer forma, originalmente, não era essa a ideia, de jaca, fruta. E sim jacá, uma espécie de cesto de bambu que era preso no lombo dos animais e servia para transporte de mercadorias. Diz-se que o indivíduo por beber muito ao longo de seu trajeto, ao subir no animal, enfiava o pé no cesto, ou seja, no jacá. Mas isso não tem importância, estou fugindo da ideia do texto porque na verdade está difícil de lembrar dos pernis, farofas, salpicões…refrigerantes, cervejas. Só de lembrar sinto dor no fígado, que a esta altura, está apontando para outro lado da barriga.

A hora é de desopilar o fígado. Nada de fazer exame de colesterol. Caso contrário, vai dar ruim, diz uma amiga arquiteta, “especialista em medicina” formada pelo Google.

Não são poucas as piadas sobre o fígado entre os amigos e nas redes sociais. Um misto de culpa pelos exageros cometidos e preocupação descomprometida. À essa altura, Inês é morta. Consciência culpada não serve para nada se ela não é transformadora. E se “o peixe morre pela boca”, como diria meu pai, estou comendo abacaxi, que faz muito bem; hidrata, tem muitas vitaminas, e bromelina, uma enzima digestiva. “Digestão”. Tudo que preciso!

Ano novo. Vida nova, fígado novo e colesterol zerado, foram as promessas das mais ouvidas entre a ausência de espetáculo de fogos a meia noite.

Boca fechada não entra mosquito… pernil, farofa, salpicão.

Se você, leitor, está por aqui entre nós neste mundo depois de tantas jacas chutadas, fique tranquilo; enquanto há vida, há esperança. O fígado é o órgão com maior capacidade de regeneração de nosso organismo. Mas para isso ele precisa de repouso. Neste caso, muito repouso.

Fique ligado com o que você come e bebe entre o Natal e o Ano Novo.
E depois, entre o Ano Novo e o Natal.

Este artigo é de responsabilidade do autor e não reflete a linha editorial e ideológica do Jornal da Orla. O jornal não se responsabiliza pelas colunas publicadas neste espaço.