Mundo Pet

Campanha para adoção de cães com pelagem preta termina 1º dia com sucesso

07/07/2021
Campanha para adoção de cães com pelagem preta termina 1º dia com sucesso | Jornal da Orla

“Nossa Campanha foi um sucesso porque, de quatro cães adultos de pelagem preta, conseguimos a adoção de três. É gratificante conseguir mudar essas três vidas e mostrar a importância da campanha de adoção, com consciência e responsabilidade”, comenta a chefe de Departamento de Zoonoses de São Vicente e veterinária, Alessandra Silva Gonçalves.

O ‘galã’ Durval conquistou a moradora da Vila São Jorge, em Santos, Dona Maria Amélia Correa, que se emocionou durante o processo de adoção do cãozinho, de dois anos. “Eu estou emocionada, pois fiquei sozinha há quase duas semanas, sem o outro cachorrinho que estava em casa, que é preto também como ele. Estou feliz e vim buscar um cachorro, e encontrei o Durval que darei o nome de Neguinho”, conta.

A Campanha Black Saturday foi realizada no sábado (3), na Praça Coronel Lopes, no Centro (popularmente conhecida como praça do Correio) e recebeu esse nome pois o foco do evento foi apresentar cães de pelagem preta para adoção. Infelizmente, animais adultos e com essa cor sofrem preconceito e costumam aguardar um tempo maior para serem adotados.

O prefeito de São Vicente, Kayo Amado, marcou presença e afirmou que ficou encantado com os cachorros que estavam para adoção. “Eles são muito bonitos e dóceis. Estão super bem cuidados, tomaram banho, estão com roupinhas. Tratados de uma forma extremamente carinhosa, familiar e, hoje, aguardam um lar. Por aí também tem gente procurando um cachorrinho, então essa é a oportunidade para essa conexão”, afirma.

Outro cãozinho que recebeu um lar foi Genaro, que passará a ser chamado por sua tutora de Barthô. “Ele vai se chamar Barthô com todo o charme”, revela Carolyna D’Almeida Bassi, moradora da Ponta da Praia, em Santos.

Na verdade, Carolyna e sua mãe foram à feira para adotar um gatinho preto, mas ficaram encantadas com o Barthô e pela história de vida sofrida dele, como é a vida de tantos cães abandonados nas ruas. Não teve jeito, o amor falou mais alto e elas decidiram levar o cãozinho para casa. “É preciso ser consciente e saber que ter outro ser para cuidar não é fácil, mas é gratificante ser recebida todos os dias com o olhar mais amoroso do mundo. O amor que eles nos proporcionam não tem igual”, comenta Carolyna.

E o sábado podia ficar ainda melhor, com o terceiro cãozinho adotado: o Douglas. Ele tem uma das patinhas amputadas e, de acordo com a tutora dele, Ana Maria Gois Nascimento, “foi amor à primeira vista”. E ela completa: “Tinha vontade de adotar um cachorro. Já tenho uma ‘salsicha’ chamada Sarah, mas queria aumentar a família”, conta.

Ana Maria, que é moradora do Centro de São Vicente, afirma que ela e o marido decidiram manter o mesmo nome, Douglas, e que a família toda está feliz com a adoção. “Minha irmã trouxe cobertor para ele de presente. Todos me parabenizaram pela atitude”.

Campanha

A chefe do Departamento de Zoonoses de São Vicente explica que o intuito é promover mais ações como essa. “Nós queremos fazer mais ações para tentar disponibilizar um lar para todos. A gente sabe que o problema de abandono de animais é um problema no Brasil e precisamos lutar contra isso, coibindo sempre e conscientizando sobre a guarda responsável, com planejamento e responsabilidade. São vidas que vão depender de você para sempre”, afirma.

Diogo

Diogo é o único cãozinho adulto, de pelagem preta, que estava na feira no sábado, mas não foi adotado. Quem quiser esse ‘companheirão’, é só comparecer ao Departamento de Zoonoses de São Vicente (Rua Catalão, 530 – Vila Voturuá), de segunda a sexta-feira, das 8h às 11h e das 13h às 16h, levando comprovante de residência e documento com foto. Informações pelo (13) 3561-1604.