Mundo Pet

Alimentação pobre em nutrientes pode desencadear alergias nos pets

04/09/2021
Alimentação pobre em nutrientes pode desencadear alergias nos pets | Jornal da Orla

Cães e gatos se coçando ininterruptamente nem sempre é sinal de falta de banho ou infestação de pulgas e carrapatos. O incômodo pode estar relacionado à alimentação desregrada e de baixa qualidade ou à falta de nutrientes no corpo. Alimentos com proteínas de origem duvidosa também originar alergia ou intolerância alimentar nos bichos de estimação. 

“Rações com corante e outros ingredientes artificias, entre eles, os conservantes, podem ser prejudiciais para os animais. Portanto, dê preferência para rações que tenham boa procedência. E, em se optando por uma dieta natural, adicione suplementos de qualidade que supram as necessidades dos cães e gatos”, explica a médica veterinária da Botupharma, Fernanda Cioffetti.

A alimentação, orienta a especialista, deve estar de acordo com a idade e porte do animal. “Cada pet precisa de diferentes nutrientes em cada etapa da vida, caso contrário, pode ter problemas de saúde. Lembre-se também de manter o alimento protegido da incidência da luz e calor do sol para não oxidar e perder as qualidades nutricionais”, diz a veterinária.

Alguns nutrientes, como aminoácidos, vitaminas e minerais (essenciais para a boa manutenção da pele e pelagem), podem não ser obtidos da forma adequada somente por meio da alimentação, principalmente, em se tratando de dieta natural. É por isso que os médicos veterinários sugerem a inclusão de suplementos à comida ou ração. A vitamina D, por exemplo está entre os nutrientes que podem ser suplementados, conforme explica a especialista. 

“Mesmo com a exposição solar, nem sempre os níveis desejáveis de vitamina D são atingidos.  Ácidos graxos, conhecidos como ômegas, são essenciais para evitar vários problemas de pele”, conclui Fernanda.