Sem categoria

Médicos ortopedistas: o que são e quais as especialidades atendidas?

03/02/2021
Médicos ortopedistas: o que são e quais as especialidades atendidas? | Jornal da Orla

 

Uma queixa bem comum entre as pessoas é a dor de coluna. Presente em quase todas as idades, cada vez mais vemos que se queixar de desconfortos nessa região do corpo não é exclusividade dos idosos. Segundo a Organização Mundial de Saúde, mais de 80% da população do mundo inteiro sofre desse problema. Mas por que será? Uma das razões mais frequentes é a má postura e a falta de alongamentos e exercícios físicos.

 

Porém, as vezes a causa de tanta dor precisa ser investigada por algum médico especialista em coluna. Quando as dores são persistentes e nunca vão embora isso é um claro sinal de que um médico precisa ser procurado. No entanto, qual médico é o mais indicado para averiguar isso? Dentre as 53 especialidades médicas existentes, o ortopedista é o mais indicado para tratar desse problema.

 

Mesmo assim, ainda há muitas dúvidas do que o ortopedista pode fazer ou diagnosticar. Por isso vamos entender melhor o que esse médico especialista em ortopedia analisa ao chegarmos para uma consulta com ele.

 

Como o nosso corpo funciona?

 

Primeiramente, precisamos entender que o corpo humano é um sistema locomotor formado pelos ossos, pelas articulações, pelos músculos, pelos tendões e pelos ligamentos. Para fazermos todos os nossos movimentos diários mechemos com toda essa conjuntura, exigimos os movimentos dele todos os dias.

Se não cuidarmos devidamente dessa máquina de movimentos, alguns problemas podem surgir. Ligamentos podem ser rompidos, ossos podem ser quebrados e tendões podem inflamar. Por isso se exercitar e se alongar é tão importante. São essas atividades que mantém todo o corpo em bom funcionamento.

 

Quando sentimos dor, seja na coluna ou em qualquer outra região do corpo, o ortopedista vai analisar qual o motivo dessa dor e se tem a ver com o sistema locomotor.

 

 

Qual a especialidade do médico ortopedista?

 

No Brasil, há mais de 13 mil ortopedistas. Mas para chegar a esse título, existe um longo caminho. Ele ou ela, primeiro terá que cursar toda a faculdade de medicina e depois fazer uma especialização em Ortopedia e Traumatologia (TEOT).

Um ortopedista também pode realizar cirurgias, mas para isso terá que procurar essa especialização de Cirurgião Ortopedista e só assim poderá fazer procedimentos invasivos.

Ele também pode especializar-se em apenas um local do corpo. Há ortopedista que só trabalham com coluna e outros apenas com os problemas que podem aparecer em ombros. Enfim, antes de marcar uma consulta é preciso pesquisar se aquele médico trata do local do corpo onde você está sentindo dor.

 

O que um ortopedista consegue diagnosticar e tratar?

 

Em alguns casos, quando não há uma lesão aparente, ele precisará investigar o motivo da dor, por isso pode pedir exames. Ele poderá requisitar um exame de raio-X, tomografia computadorizada, ressonância magnética ou densitometria óssea.

 

Muitas ortopedistas também fazem alguns exames de toque ali no próprio consultório para sentir o movimento de uma determinada parte do corpo, ver se as vezes não está fazendo barulho ou estralando ao movimentar e etc.

Após receber e averiguar todos os exames laboratoriais ou mesmo de toque, ele poderá dar o diagnóstico final. A maioria das enfermidades que chegam até os ortopedistas são tumores ósseos, escoliose, fraturas, hérnia de disco, lesão no ligamento, espondilolistese, lombalgia, traumas, osteoporose postura incorreta e alguns casos de fraturas causadas por acidentes. Tudo isso ele trata e cuida.

Dependendo do problema do paciente, um tratamento será indicado. São raras as vezes em que uma cirurgia é recomendada. A maioria dos problemas envolvendo o sistema locomotor são tratados com fisioterapia, medicamentos, RPG, pilates, exercícios físicos e algum outro tratamento que o médico achar melhor dependendo do caso.

 

Quando ir atrás de um ortopedista?

 

Como já foi dito, cerca de 80% da população sente dores na coluna, então quando saber que está na hora de procurar um médico? Se o seu caso não for de algum acidente que tenha causado luxação, quebra de ossos ou alguma fratura aparente, você deverá ter esses seguintes sintomas para então procurar um médico especialista em ortopedia:

– Sentir dores diariamente nas costas;

– Estar sempre com um cansaço excessivo;                                                   

– Ter rigidez pela manhã;

– Sofrer algumas alterações na estrutura do corpo;

– Sentir a sensação de calor ou dor nas articulações.

Consultas com ortopedistas podem variar de preço, indo do mais em conta para o mais caro. Vários planos cobrem o valor da consulta e o SUS também oferece esse serviço gratuitamente.

 

Mas é importante prestar atenção no nosso corpo e no que anda incomodando. Não é bom ficar adiando a ida ao ortopedista ainda mais quando a dor é constante. Muitas vezes a demora do diagnóstico pode comprometer os movimentos e a qualidade de vida do paciente. Por isso, procure um ortopedista o quanto antes e faça todo o tratamento corretamente para que nenhuma parte do seu corpo, nenhum movimento, ligamento ou até mesmo a coluna fique comprometida.