Mundo Pet

Cães em situação de maus-tratos são resgatados em São Vicente

04/02/2021
Cães em situação de maus-tratos são resgatados em São Vicente | Jornal da Orla

Em uma cena típica de maus-tratos a animais, dois cães foram encontrados mortos em uma residência na Náutica III, em São Vicente, na terça-feira (2). Um dos cães estava enrolado em um saco plástico, na churrasqueira, em estado de decomposição.

Outros dois cães adultos (um macho e uma fêmea) e três filhotes, em péssimas condições de higiene, foram resgatados do local.

A equipe da Guarda Civil Ambiental, coordenada pela Secretaria de Meio Ambiente e Defesa Animal (Semam), atendeu à denúncia feita à Semam pela proprietária do imóvel, que estava alugado por um servidor público municipal.

Na segunda-feira (1º) os agentes estiveram no local, mas não encontraram o morador. A equipe conseguiu fotografar e filmar o local onde os cachorros estavam e foi constatado que estava completamente insalubre, além de os cães estarem muito magros.

No dia seguinte, a GCM Ambiental enviou uma equipe para realizar a retirada dos animais, o qual foi feita com mandado judicial. Também estiverem no local o secretário-adjunto da Semam, um veterinário credenciado, a Polícia Militar (PM), além da equipe do Castramóvel, onde o veterinário atestou que os cães se encontrava em situação de risco. Ainda foram encontrados os dois cachorros mortos, sendo que um estava dentro de um saco plástico, em uma churrasqueira, em estado de decomposição.

Os cinco cães resgatados foram encaminhados para uma clínica veterinária, credenciada e, após avaliação, foram levados para o Departamento de Controle de Zoonoses de São Vicente (Dezoon). Também foi solicitado apoio da Polícia Militar Ambiental para procedimentos administrativos.

Localizado, o responsável foi autuado por crime de maus-tratos, conforme a lei 9.605, artigo 32. Ele foi detido e pode pegar pena de dois a cinco anos de reclusão e, por ser um agente público, o dolo pode ser dobrado.

De acordo com a denunciante, proprietária do imóvel, Creusa Maria da Silva, ela tentou por inúmeras vezes, durante quatro meses, que alguém fosse ao local para tomar providências, mas sem sucesso. “A Polícia Militar esteve lá, mas como o inquilino não foi encontrado não foi possível entrar no imóvel. O oficial de justiça também esteve outra vez e não encontrou. Só consegui agora indo ao gabinete do Prefeito na segunda e tudo já foi resolvido”.

 

Denúncias – O munícipe deve entrar em contato com a Secretaria do Meio Ambiente e Defesa Animal, nos telefones (13) 3569-2274 e (13) 99679-3604, ou pelo número 153, diretamente com a GCM. É possível também mandar e-mails, pelos endereços: gcmpamb@saovicente.sp.gov.br e gcmambiental09@gmail.com.