TV em Transe

A verdade continua lá fora

04/02/2016
A verdade continua lá fora | Jornal da Orla
Talvez seja um caso único: uma série de sucesso voltar ao ar depois de 14 anos mantendo o nível de qualidade – e com a audiência lá em cima. Pois “Arquivo X” conseguiu.
 
O retorno do clássico seriado tem batido recordes mundo afora. Um comunicado oficial do canal Fox diz que os dois primeiros episódios desta décima temporada – exibidos em sequência – foram vistos semana passada por cerca de 50 milhões de pessoas em 80 países (sendo 20 milhões nos Estados Unidos).
 
Eu, como fã da série, não poderia perder. Obviamente havia um receio de acabar desapontado, mas que nada. Temos o bom e velho “Arquivo X” de sempre numa versão atualizada.
 
Está aí o maior mérito do criador Chris Carter: não deixar o programa perder a essência e ao mesmo tempo encaixá-lo nos dias de hoje, apresentando-o também para um novo público. Os elementos que fizeram a fama do seriado permanecem ali. Temos conspirações envolvendo governos e grandes corporações, alienígenas, mistérios, criaturas estranhas, experimentos científicos… Porém o mundo não é o mesmo do início do século. Novos elementos foram inseridos no contexto, como a cultura do medo na sociedade pós 11 de setembro, o avanço da internet e o uso dela como forma de monitoramento dos cidadãos. 
 
O fato é que, felizmente, os arquivos estão reabertos para os agentes Mulder (David Duchovny) e Scully (Gillian Anderson) investigarem. A verdade continua lá fora.